segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

DOCE DE ABÓBORA MENINA e a UVA DA MINHA CASA

Uhhh, Oi gente, difícil eu postar alguma receita né? Mas essa eu não poderia deixar de passar para vocês! Só que vou contar desde o princípio!(rsrs) Era uma vez um pacotinho de sementes que mamis semeou no nosso pedacinho do cèu aqui em casa. Só que Marido estava doidinho para plantar uma parreira e papis e mamis também . E plantaram!  Eles querem tudo, se eu tivesse um sítio não conseguiria andar lá  de tanta plantação!!!  
 A bonitinha da  abóbora estava lá, crescendo humildezinha, e cada vez que eu passava via que tinha algo acontecendo. 
A parreira também  começou a despontar e aí começou uma disputa entre elas, pois, aqui em casa a gente conversa com as plantinhas, e eu passava e dizia:" Olha que coisinha linda vocês estão, lindinhas, crescendo!" E no outro dia as folhas da abóbora estavam lindas e verdinhas, e a parreira escalando nosso varal(rsrs) e passando na frente como quem fala: " Eu tô aqui viu!" 
Num belo dia uns cachinhos de uva começaram a aparecer...Noooossa, mas foi uma alegria aqui em casa, parecia que tinha nascido um nenêm! E as folhas da abóbora foram crescendo e nada de aparecer uma menininha( o nome é abóbora menina)Aí,  sogra ensinou que devíamos "calçar" as flores da abóbora bem de leve para "ela" não achar ruim, que ela iria crescer. E não é que deu certo? Nasceu uma abóbora, depois outra, e mais duas em cima da casa. Aí vocês podem dizer: Mas só três? Sim meus amigos, mas foram AQUELAS abóboras! Olha só, aqui ela já estava grandinha e tivemos que prendê-la num saquinho:

E ela continuou a crescer até ontem , quando colhemos e  chamei o dia de ontem de "Colheita de Abóbora":

Olha o tamanho da menina , 18 kg!!!
Depois, é claro, dividimos  e eu preparei esse docinho, olha:
1 kg de abóbora picada, 800 gramas de açúcar, um punhado de pauzinho de canela e um punhado de cravo da índia. Leve tudo ao fogo baixo e mexa de vez em quando com uma colher de pau, quando começar a escutar o açúcar crispar, coloque meio litro de água, misture bem e esqueça lá(rsrs brincadeirinha) Fica mais ou menos 1 hora e meia no fogo, baixinho, tem que ir mexendo, ela vai desmanchando. Quando perceber que ela quer secar, você acrescenta meio pacotinho de coco ralado. Mexe mais um pouco, se necessário acrescente mais um copo e meio de água e misture bem. Eu não gosto do doce muito sequinho, tem que ter um caldo, não muito. Mas para quem gosta bem sequinho, é só esperar secar mais com cuidado para não queimar.
Gente, ficou uma delícia, com queijo, sem queijo, é bom de qualquer jeito!
Ahhhh, e a uva? Não esqueci não! bem, a nossa parreira tá linda, já saboreamos vários cachos de uva, é do tipo bem pretinha, uma delícia, e nessa foto ela ainda não estava no ponto, mas estava linda né:

Gente, é isso! Espero que gostem do doce!  Beijos á todos e uma ótima segundona prá vocês!!!


6 comentários:

ValeriaC disse...

Oi Myriam, estive aqui logo que postou e escrevi um comentário, mas não consegui publicar de jeito nenhum... hoje voltei com o perfil deste meu outro blog, pois salvei o que havia escrito, pois tinha esperança de poder comentar rsrsr... procurei seu e-mail pra enviar o que havia comentado mas não achei, o meu está no perfil deste blog, ok? Se precisar ou quiser escrever um hora destas, já fica guardado.


Que coisa mais linda Myriam, amo plantas, antes tinha abobora, alface, tomate e outras plantas mais no quintal, mas depois que o terminamos, ficou apenas um jardim, mas tenho saudade, deu belas aboboras também...rsrsrsr... que linda as uvas, deu vontade de plantar... e a receita deu água na boca rsrsr... adoro doces caseiros, me sinto na roça e acho tão bom este jeitinho de roça em casa, traz um aconchego, não é mesmo?
Beijinhos e ótima semana amiga,
Valéria

Luciana Kotaka disse...

Nossa, ontem tentei postar e dava erro, e por isso fiz o comentário de teste.
Adoro suas visitas!
Achei o máximo o tamanho das aboboras e essa uva, aprece deliciosa.
Parabéns amiga!
Bjs

Jorge disse...

Adoro doce de abóbora!!!!!
Adoro uva!!!
Adoro comida...rsrs

beijo, Coração!!!

Jeanne Geyer disse...

Hummm, água na boca com este doce...e com as uvas também,rsrsrs
Beijos:)

ONG ALERTA disse...

Que maravilha deve ter ficado ótimo, beijo Lisette.

Ana Pierri disse...

Olá Myriam, tudo bem?

Nossa voltei a minha infancia no quintal da casa da minha mãe, tinha parreira de uva,e pé de abobora, mas não me lembro de nenhuma deste tamanho, que maravilha.
bjs.
Ana Pierri

 

Copyright © 2009 Grunge Girl Blogger Template Designed by Ipietoon Blogger Template
Girl Vector Copyrighted to Dapino Colada