quarta-feira, 29 de junho de 2011

O direito de cada um.

diferenças
CREDITOS DA IMAGEM
Permitam-me tocar nesse assunto, tão “na moda” e que vem causando polêmica em todos os lados: a Homofobia. Ontem assisti a um vídeo, onde a deputada Myriam Rios, traz a tona de um modo franco e direto( talvez até demais)  sobre o que pensa dos homossexuais.
É um tema que gera muitas discussões, mas também não merece tanta propaganda assim. O homossexualismo existe desde há milhares de anos, antes de Cristo e se tem informações que já acontecia.
Ultimamente a mídia tem dado uma exclusividade redundante sobre isso, que na verdade deveria ser visto com normalidade. Os governantes resistentes, outros simpatizantes, outros fingem que gostam, falsos moralistas, outros que aceitam, porque quem aceita não precisa ficar por aí fazendo propaganda.
Sabem o que eu penso? Cada ser humano tem o direito de fazer o que bem entende, desde que, não prejudique fisicamente e moralmente alguém. É direito de cada um viver, respirar, ir e vir, amar, seja quem for.
Se cada um cuidasse de sua própria vida que já dá muito trabalho, esse tipo de situação não aconteceria, a criação de leis para protegerem homossexuais não precisaria estar em pauta. È como o sistema de cotas nas Universidades, algo ridículo, que, acaba por discriminar e não ajudar.
O Brasil tem coisas importantíssimas para serem feitas, crianças sem pais, nas ruas; adultos moradores de rua, ao relento, asilos, hospitais a serem fiscalizados( a saúde do povo), segurança, alimento para os brasileiros, a fome…
Finalizando meu pensamento, acredito que o direito deve ser igual para todos e não apenas para um grupo de pessoas em especial, pois onde começa o seu direito termina o meu e vice e versa.
Vamos viver e deixar que os outros vivam!
Beijos com boquinhas e boa semana !!!
beijo_grande-14027

4 comentários:

Luciana Kotaka disse...

Isso aí Myrian, acho que todos temos direito a escolhas, e sabemos o que precisamos para sermos felizes. Muito bom seu post. Bjks amada

ValériaC disse...

Concordo com voce Myriam, absolutamente todos têm os mesmos direitos, tudo é uma questão de cada um cuidar de si e respeitar os direitos dos outros.
Na verdade é triste ver que precisam ser criadas leis para defender este ou aquele setor da sociedade, o que falta é respeito para que cada um possa ser quem é, buscar sua felicidade, trilhar o seu próprio caminho.
Beijos...
Valéria

Jorge disse...

Muito bom. Fazendo tempestade em copo d'água, se esquece de assuntos mais importantes. Que cada um assuma a sua vida e o siga, sem lesar ninguém e sem culpar os outros de decisões erradas.

Um beijo, Anjo!!!

Jeanne Geyer disse...

até que um dia alguém falou o que eu tinha até medo de falar. também não tenho este preconceito, mas já está demais. a saúde pública por ex. está um caos. aqui em Porto Alegre até quem tem plano de saúde já foi atingido pela falta de investimentos nesta área. e a segurança (ou falta dela) então?
Beijos :)

 

Copyright © 2009 Grunge Girl Blogger Template Designed by Ipietoon Blogger Template
Girl Vector Copyrighted to Dapino Colada